Durante a conferência de imprensa de The Favourite em Nova York, Nicholas comentou um pouco sobre paternidade e seus próximos projetos, incluindo Dark Phoenix e Tolkien. Confira:

É difícil acreditar que Nicholas Hoult, que estreou aos 11 anos em Um Grande Garoto, agora está com 28 e é pai de um menino. “Estou amando,” o ator inglês disse sobre a paternidade em nossa recente entrevista no JW Marriott Essex House em Manhattan.

“É uma transição bizarra,” admitiu Nicholas, arrumado em uma camisa Yves Saint Laurent e calças. O garoto se tornou pai em abril de 2018, quando sua namorada, a modelo Bryana Holly, deu a luz ao filho dos dois. “Seu tempo se torna mais precioso. Também há esse ponto de vista porque você vê essa pequena pessoa crescendo tão rapidamente. Então, o que seria uma fácil decisão de fazer parte de um filme por seis meses, de repente se torna muito tempo.”

“Você tem prioridades diferentes, mas é tudo isso o que dizem que é, a falta de sono e esses elementos, mas os lados positivos são enormes. Eu me sinto com mais energia e mais criatividade do que antes. Eu estou amando, sim.”

Nicholas, que interpretou um garoto chamado Marcus enquanto Rachel Weisz interpretou, bom, Rachel, uma mulher que seu mentor, Will (Hugh Grant), está namorando em Um Grande Garoto, agora são parceiros de cena em The Favourite. No drama do diretor Yorgos Lanthimos, enquanto o triângulo amoroso e poderoso acontece entre a Rainha Anne (Olivia Colman), a serva Abigail (Emma Stone) e conselheira Sarah (Rachel), Nicholas – de peruca e salto alto – anda como o político Harley.

O ator descreveu como foi trabalhar com Rachel quase 20 anos depois. “Foi adorável ver Rachel novamente. E entender mais sobre o processo e conseguir desenvolver essas cenas juntos. Em Um Grande Garoto, a dinâmica era diferente, obviamente, por causa da minha idade. Mas nesse filme, estamos debatendo muito. Foi muito divertido fazer essas cenas com ela.”

Nicholas disse que possui mais empatia pelas mulheres após usar saltos em The Favourite. “Eu tenho muito mais empatia,” ele enfatizou. “Honestamente, havia momentos onde eu estava com muita dificuldade (risos). Um longo dia em saltos não é fácil, então eu tenho muito mais empatia quanto a isso.”

Questionado se ele conheceu algum membro da atual geração da família real, Nicholas respondeu, “Eu conheci o Príncipe William. Eu gostaria de conhecer o Príncipe Harry em algum momento. E a Meghan, também. Eu não sou muito monarquista, mas eu gosto do que a família real representa e como é bom para a economia britânica.”

Nicholas adicionou sobre o Príncipe William: “Ele foi encantador, divertido e muito pé no chão. Eu não consigo imaginar como é ser criado para ser o futuro rei, mas ele pareceu muito humilde. Foi legal conhecê-lo.”

O homem que foi descoberto por um diretor de teatro quando tinha apenas 3 anos de idade afirmou que ainda pode sair e aproveitar o anonimato, apesar de seus papéis como Nux em Mad Max: Estrada da Fúria e Hank McCoy/Fera em X-Men. “Na maior parte do tempo, eu sou muito sortudo. Eu não sou reconhecido, e isso é maravilhoso. Esse é o maior elogio que eu posso receber como ator, então, obrigado, porque essa é a intenção. Se as pessoas não te reconhecem, então você está fazendo o seu trabalho do jeito certo.”

Falando de Mad Max: Estrada da Fúria, perguntamos ao Nicholas sobre uma atualização na sequência do diretor George Miller, Mad Max: The Wasteland. Ele respondeu, “Sem atualizações da minha perspectiva. Mas eu ouvi que George está trabalhando em outra coisa (Three Thousand Years of Longing) no momento. Ele demorou muito para conseguir fazer Estrada da Fúria.”

“O que eu amo sobre sua carreira é que ele vai de Mad Max, para Happy Feet, Babe, O Óleo de Lorenzo e todos esses filmes são tão diferentes. De repente, ele volta e cria algo completamente fresco e diferente, então estou animado para ver o que ele vai fazer.”

Sobre outra franquia, a série de filmes X-Men, Nicholas disse, “Está progredindo. O mais recente, Fênix Negra, é a estreia de Simon Kinberg como diretor. Ele dirigiu e escreveu. O que é incrível sobre isso é que Simon acredita no meu potencial como ator. Então, ele me deu um personagem legal. Eu sempre volto para esse arco e transições, e me transformo o máximo possível de acordo com a história. Simon me deu uma grande oportunidade com esse. E também é especial porque atores que eu cresci admirando, como Hugh Jackman, Mike Fassbender e James McAvoy, se tornaram meus amigos. Eu acho que eu tinha 20 anos no primeiro filme que eu fiz com eles.”

Ele compartilhou mais alguns detalhes sobre Fênix Negra, que conta com um grande elenco, incluindo Jennifer Lawrence (como Raven/Mística), quem ele namorou por cinco anos. “Esse claramente foca na Jean (Grey, interpretada por Sophie Turner) e na Fênix Negra.”

“O especial sobre essa série dos X-Men comparada com a maioria dos filmes de super heróis é a divisão entre mutante e humano e o que isso significa. O que isso representa em termos da vida real e as comparações que fazemos são completamente diferentes dos filmes de super heróis. É nisso que os X-Men atingem um alvo em termos dos comentários que estão fazendo. Esse é o motivo pelo qual estou animado sobre esse filme.”

Nicholas também terminou de filmar Tolkien, uma biografia sobre o autor de clássicos como The Hobbit e O Senhor dos Anéis. Então, interpretar J.R.R Tolkien foi um sonho que virou realidade. “Quando eu estava filmando Um Grande Garoto, os irmãos Weitz (os diretores Chris e Paul) me deram O Hobbit para ler, e eu amei. Então, quando os filmes de O Senhor dos Anéis saiu, eu era muito fã. Todo Natal íamos ver o novo filme de O Senhor dos Anéis.”

“Então, eu era um grande fã desse mundo e tudo o que Tolkien criou. Quando a Fox Searchlight apresentou a ideia de interpretá-lo, eu fiquei intrigado de primeira. Foi extraordinário ler sobre sua vida. Ele é um enigma. Ele era um homem quieto, ficava na dele. Então, aprendi sobre sua infância e o que o possibilitou criar esses mundos e, basicamente, seu amor pela linguagem.”

“Ele criava essas linguagens, e então percebia que ele precisava de uma história e pessoas para falar essas linguagens. Então, ele criava um mundo e os personagens ao redor disso. Aprender sobre ele e ler mais do seu trabalho foi um presente, então foi muito sobre descobrir e estudar o que mais aconteceu em sua vida – o seu amor (Edith Bratt), interpretada por Lily Collins, e também as amizades que ele inventava, que era a base do companheirismo que ele escrevia. E também sobre a época na Primeira Guerra Mundial – similaridades horrendas entre muitos desses momentos que ele teve experiência durante a guerra.”

Fonte

Foram adicionadas à galeria imagens de Nicholas na press conference de “The Favourite” que ocorreu em Nova York em 27 de outubro. Confira:

Nicholas compareceu ao estúdio da Variety no TIFF para falar sobre seu novo filme, The Current War. Confira as fotos abaixo:

Nicholas e o elenco de The Current War participaram de uma press conference do filme no Toronto International Film Festival. Confira abaixo:

Galeria: Nicholas no Sundance 2017





Nicholas Hoult Brasil é um fansite não-oficial sem fins lucrativos. Não possuímos nenhum contato com Nicholas, seu agente, sua família, amigos, etc. Pedimos que os arquivos traduzidos pela equipe do site, assim como conteúdos pesquisados e editados por nós, sejam sempre creditados quando usados em outro site. Se há algo seu aqui e você gostaria que nós retirássemos, por favor entre em contato conosco antes de tomar qualquer ação legal.